O presidente da Assembleia Legislativa de Goiás (Alego) manifestou seu apoio às ações executadas pelo governador Ronaldo Caiado para evitar a propagação do vírus em Goiás

Preocupado e atento ao avanço da pandemia do novo coranavírus (COVID-19) no Estado, o presidente da Assembleia Legislativa de Goiás (Alego), Lissauer Vieira (PSB), respaldou, nesta quarta-feira, 25, as medidas adotadas pelo governador Ronaldo Caiado (DEM) para conter a propagação da doença em todo o território goiano, entre elas, a determinação de isolamento social e a suspensão das atividades comerciais. De acordo com o chefe do Poder Legislativo, “a vida está acima de qualquer questão financeira”.

“O governador Ronaldo Caiado antes de ser político ele é médico e conhece tanto o sistema público de saúde quanto o problema que essa pandemia poder trazer para o Estado de Goiás. Nós temos que entender que ele adotou essas medidas preocupado com os 7 milhões e 200 mil goianos. Sabemos também de todos os impactos financeiros que essa doença pode causar, mas vejo que a vida está acima de qualquer questão financeira”, ressaltou o presidente da Alego.

Lissauer comentou ainda o pronunciamento feito pelo presidente Jair Bolsonaro sobre a pandemia do coronavírus na noite de ontem em rede nacional. Segundo o parlamentar, a crise não é um problema enfrentado apenas pelo o Brasil, mas é uma preocupação de todo os países e, por isso, o presidente da República precisa manter uma conduta de diálogo e sintonia com os governantes diante da atual situação.

“Eu acho que o presidente Jair Bolsonaro tinha que ouvir mais os governadores e trabalhar em sintonia com os governos de todos os Estados e prefeituras para que, juntos, possamos sair dessa crise que não é um problema só de Goiás ou do Brasil, mas do mundo todo. Outros países que estão enfrentando de frente e com pulso firme essa realidade estão tendo menos problemas e é isso que queremos para Goiás”, disse Lissauer reafirmando o seu apoio às ações empreendidas pelo governo estadual para conter o avanço da doença.

“Apoiamos totalmente as decisões do governador Ronaldo Caiado e sabemos que com a ajuda de Deus e de toda a população goiana vamos voltar gradativamente à nossa rotina normal. Nós estamos ainda em um nível de ascensão bastante equilibrado e se cada um fizer a ­sua parte ficando em casa, protegendo os nossos idosos e aquelas pessoas que estão na área de risco, em um futuro muito breve nós sairemos dessa crise”, afirmou.

Faça parte da Lista de transmissão no

Whatsapp

Receba atualizações exclusivas e tenha participação ATIVA nas discussões e pesquisas.

Faça parte da Lista de transmissão no

Whatsapp

Receba atualizações exclusivas e tenha participação ATIVA nas discussões e pesquisas.

redes sociais

siga e participe do nosso trabalho

Apoie a nossas causas, curtindo, comentando e compartilhando nossos conteúdos.

1 of 93