Município bicentenário é um dos mais antigos do Estado e recebe a homenagem todos os anos na data de seu aniversário

Em comemoração aos seus 293 anos de existência, Santa Cruz de Goiás foi agraciada com o título de Capital do Estado, em solenidade realizada na manhã de sexta-feira, 26/08, às 9 horas. O evento teve lugar na Praça da Matriz, onde os Poderes Legislativo, Executivo e Judiciário foram transferidos e instalados simbolicamente na cidade. Situada a 125 km da Capital, ela é vizinha dos municípios de Palmelo, Pires do Rio e Cristianópolis, na mesorregião Sul de Goiás.

O presidente da Assembleia Legislativa de Goiás (Alego), deputado Lissauer Vieira (PSD), acompanhado do governador do Estado, Ronaldo Caiado (UB) e do vice-presidente do Tribunal de Justiça do Estado de Goiás (TJGO), desembargador Zacarias Neves Coelho, esteve no local em que, juntos, eles representavam os Poderes Legislativo, Executivo e Judiciário. Também estava presente o prefeito de Santa Cruz de Goiás, Ângelo Natal da Paz (UB), o deputado Amauri Ribeiro (UB) e outros líderes políticos, entre prefeitos, vereadores e secretários.

A programação foi iniciada com o hasteamento das bandeiras e a execução do Hino Nacional brasileiro e também de Goiás, pelo Corpo Musical dos Bombeiros Militares. Em seguida, foi realizado um desfile da tropa composta por policias militares e bombeiros.

O presidente da Alego, Lissauer Vieira, falou da honra do Poder Legislativo estar na solenidade que resgata as tradições, a cultura e a história da cidade. “São 293 anos que devem ser comemorados e hoje é uma data histórica para esse município que é tão importante para o Estado de Goiás.”

O prefeito Ângelo da Paz ressaltou a importância da transferência simbólica de Capital do Estado para a cidade. “Sabemos o quanto esse momento é importante para o nosso município”, disse, destacando, ainda, a importância das parcerias para o desenvolvimento da cidade. “Por meio do apoio que estamos recebendo do Governo do Estado e do Legislativo, estamos conseguindo fazer um bom trabalho pelo município.”

Após a fala do prefeito, o governador Ronaldo Caiado assinou decreto que instituiu simbolicamente, no dia 26 de agosto, Santa Cruz de Goiás como a capital do Estado.

Representante do Poder Judiciário, o vice-presidente do TJGO, Zacarias Neves Coelho, manifestou a sua alegria em participar da solenidade. “São quase três séculos de existência, e é um prazer participar desse momento histórico para o município”, disse o desembargador.

Ronaldo Caiado falou sobre a importância da cerimônia, após dois anos sem comemorações, em virtude das restrições ocasionadas pela pandemia do covid-19. “Estive aqui no primeiro ano de mandato, em 2019, e, após esse vírus, não pudemos mais estar juntos, mas, graças à Deus, podemos estar aqui novamente e comemorar o aniversário de Santa Cruz de Goiás. Trata-se de um evento marcante e histórico, que faz parte da tradição do nosso Estado.”

O chefe do Executivo goiano parabenizou a população pela data comemorativa. “Um abraço a cada um dos munícipes e parabéns por essa importante solenidade. Acreditem em Santa Cruz de Goiás e no nosso Estado”, encerrou o governador.

Santa Cruz de Goiás, capital simbólica do Estado

No ano de 2018, a Alego aprovou um projeto de lei que instituiu, no calendário oficial do Estado, a transferência simbólica da Capital de Goiânia para Santa Cruz de Goiás. À época, a proposta foi apresentada conjuntamente pelos deputados Gustavo Sebba (PSDB) e Lincoln Tejota (Pros).

Apesar da legislação responsável pela transferência legal da Capital para a Santa Cruz de Goiás ter entrado em vigor no ano de 2019, as comemorações seguintes precisaram ser suspensas em razão da pandemia da covid-19. Com a retomada do controle epidemiológico da doença, bem como o achatamento da curva do número de casos, a celebração foi retomada.

Em 27 de agosto de 1729 o bandeirante Manoel Dias da Silva alojou-se em um sítio e, em agradecimento a Deus por encontrar muito ouro, ergueu uma grande cruz, na qual escreveu: “Viva el Rei de Portugal”. Ele afirmou que aquele seria o futuro arraial de Santa Cruz. As primeiras habitações foram construídas junto à cruz erguida e, também, à capela de Nossa Senhora da Conceição, padroeira da cidade. A cidade tem cerca de 3 mil habitantes.

Faça parte da Lista de transmissão no

Whatsapp

Receba atualizações exclusivas e tenha participação ATIVA nas discussões e pesquisas.

Faça parte da Lista de transmissão no

Whatsapp

Receba atualizações exclusivas e tenha participação ATIVA nas discussões e pesquisas.

redes sociais

siga e participe do nosso trabalho

Apoie a nossas causas, curtindo, comentando e compartilhando nossos conteúdos.

1 of 93