Cidade que me acolheu

 

Líder do PSD na Assembleia Legislativa, deputado estadual Lissauer Vieira, apresentou, recentemente, em plenário, um projeto de lei prevendo que os receituários médicos sejam digitados. Além disso deverão apresentar o carimbo do profissional e sua assinatura. A lei, depois de aprovada e sancionada, valerá para todos os hospitais públicos e privados do Estado de Goiás.

Segundo o deputado, a legislação atual não garante que as receitas sejam legíveis, o que pode causar sérios problemas ao paciente. Para Lissauer, o projeto n° 2647/15 é uma maneira de tentar impedir que erros de interpretação das receitas, causados pelas letras, muitas vezes ilegíveis dos profissionais, acarretem danos ao usuário do remédio.

Pelo projeto, nos casos de atendimento emergencial externo, fica o profissional isento do atendimento com receituário digitado, devendo prescrever a receita com letra de forma. Conforme Lissauer, as unidades hospitalares públicas receberão do Poder Público apoio técnico necessário para implantação do novo modelo de receitas médicas impressas.

Faça parte da Lista de transmissão no

Whatsapp

Receba atualizações exclusivas e tenha participação ATIVA nas discussões e pesquisas.

Faça parte da Lista de transmissão no

Whatsapp

Receba atualizações exclusivas e tenha participação ATIVA nas discussões e pesquisas.

redes sociais

siga e participe do nosso trabalho

Apoie a nossas causas, curtindo, comentando e compartilhando nossos conteúdos.

1 of 93