FullSizeRender (39)

Líder do PSD na Assembleia Legislativa, deputado estadual Lissauer Vieira, participou na manhã dessa quarta-feira, 2 de setembro, do lançamento do programa Inova Goiás, realizado pelo Governo do Estado no Centro Cultural Oscar Niemeyer. O deputado esteve no evento acompanhado pelos vereadores rio-verdenses, Celso da Silva Moraes (SD), Elecir Casagrande (SD) e do presidente da Câmara Iran Mendonça Cabral (PSD).

Segundo o governador Marconi Perillo (PSDB), o programa de inovação e tecnologia de Goiás, será um diferencial na busca por conhecimentos e colocará o Estado na vanguarda das inovações nacional. “Uma das marcas das nossas gestões é a ousadia, a criatividade para transformar os nossos sonhos em realidade. É disso que se trata o Inova Goiás. Trata-se de olhar para frente, de iluminar um horizonte que vai transformar Goiás, cada vez mais, em um dos estados mais modernos e competitivos do Brasil”, disse o governador.

Um bilhão de reais em investimentos em tecnologia até 2018: esta é a meta projetada pelo programa Inova Goiás, que será coordenado em parceria pelo vice-governador e secretário de Desenvolvimento Econômico, José Eliton, e pelo secretário de Gestão e Planejamento, Thiago Peixoto.

O deputado Lissauer Vieira classifica o programa como “um marco histórico” em Goiás, ressaltando a importância do conhecimento e da tecnologia para o crescimento do Estado e dos cidadãos goianos. “Os países que apresentaram na última década um alto nível de crescimento econômico, como o caso da Coreia, possuem elevado nível de investimentos em pesquisas e desenvolvimento, em relação ao seu PIB. Diferente do Brasil, que os recursos disponibilizados nesse setor estão muito aquém de um país que se propõe novas economias pautadas pelo conhecimento e inovação. Por isso acredito que Goiás mais uma vez está no caminho certo”, acrescenta o deputado.

O vice-governador José Eliton afirmou que a proposta do Inova Goiás é criar 30 pólos de excelência tecnológica no Estado em áreas diversas da economia, correspondentes à vocação de cada região. A base destes 30 pólos serão os Institutos Tecnológicos de Goiás (Itegos), que contarão com o suporte de 18 unidades de menor porte, com a parceria de universidades como a USP, a UFG e a PUC-GO, além do Fundo de Amparo à Pesquisa em Goiás (Fapeg).

Eliton afirma que o Inova Goiás “vem coroar o ciclo de ações que impulsiona o Estado na direção de uma radical transformação na produção de bens e de conhecimento”. As diretrizes do programa serão permanentemente discutidas por um Conselho Superior de Inovação, também criado nesta quarta-feira.

Faça parte da Lista de transmissão no

Whatsapp

Receba atualizações exclusivas e tenha participação ATIVA nas discussões e pesquisas.

Faça parte da Lista de transmissão no

Whatsapp

Receba atualizações exclusivas e tenha participação ATIVA nas discussões e pesquisas.

redes sociais

siga e participe do nosso trabalho

Apoie a nossas causas, curtindo, comentando e compartilhando nossos conteúdos.

1 of 93