Presidente do Legislativo goiano participou da cerimônia que reconduziu o defensor-geral de Goiás e destacou sua capacidade de diálogo e serviço prestado ao Estado

Defendendo a importância do serviço público para a sociedade, o presidente da Assembleia Legislativa de Goiás (Alego), Lissauer Vieira (PSB), prestigiou na tarde desta quinta-feira, 28, a cerimônia de posse do defensor-geral público do Estado, Domilson Rabelo, reconduzido no cargo para o biênio 2021/2022. A cerimônia foi realizada no Centro Cultural Oscar Niemeyer com restrição de convidados e transmitida ao vivo pelo canal do Youtube da instituição.

Reeleito com 92,68% dos votos e único a ocupar a lista tríplice, Domilson ocupará pela segunda vez consecutiva o cargo de defensor-geral do Estado de Goiás. Em seu discurso, Lissauer elogiou o trabalho já prestado por Domilson e destacou, ainda, a importância da prestação do serviço público para a sociedade, especialmente o que é voltado ao cunho social, como é o caso da defensoria, que presta assistência jurídica e integral à população mais vulnerável, de forma gratuita. “Quando temos pessoas que querem, de fato, exercer o verdadeiro papel do serviço público, que é defender nossa sociedade e os que mais precisam, e trabalhar para que tenhamos um estado melhor e menos desigual, nós conseguimos avançar nessas pautas e trilhar o caminho da transparência, do diálogo republicano e de um estado que tenho certeza, tem muito a nos dar orgulho”, afirmou.

O presidente também destacou a união entre os poderes Executivo, Legislativo e Judiciário e órgãos autônomos para a tomada de decisões que impactam no desenvolvimento do Estado, sobretudo no ano passado, com as dificuldades impostas pela pandemia. Lissauer ressaltou a capacidade de diálogo e compromisso do defensor-geral, que validaram sua reeleição. “Vivemos no estado uma verdadeira gestão de transparência e diálogo. Não podemos cansar de mostrar isso porque Goiás é exemplo hoje para o Brasil todo. Todas as decisões importantes e difíceis de serem tomadas, mas necessárias, são definidas em conjuntos com os três poderes e órgãos auxiliares. Se hoje estamos aqui nessa posse, é porque o senhor (Domilson) contribuiu para esse serviço”, destacou.

Na ocasião, também foi lançado o selo comemorativo pelo aniversário de dez anos de instalação da Defensoria Pública do Estado de Goiás (DPE-GO), a serem completados no dia 5 de maio próximo. Domilson Rabelo pontuou que existe um atraso histórico na construção e na consolidação da DPE-GO. “Nesse sentido, promover o equilíbrio da balança entre os Poderes e membros do Sistema de Justiça é extremamente relevante. No entanto, esse processo deve ser conduzido de forma republicana, dialogada e respeitadas as questões orçamentárias que o momento atual exige”.

O defensor-geral agradeceu todos os elogios mencionados pelas autoridades anteriormente ao seu discurso e estendeu os cumprimentos aos seus colegas de trabalho. “Em dois anos, superamos a marca de 500 mil atendimentos, sem dúvida alguma, fruto de um trabalho coletivo. Agradeço, mas por dever de lealdade, preciso partilhá-lo com todos os 83 defensores públicos. Estou defensor geral, sei que de passagem, e todos os resultados são consequência de uma equipe ímpar, de um grupo de amigos e colegas guerreiros, trabalhando dia a pós dia, dando o seu melhor”, agradeceu.

Domilson também destacou a alta produtividade do órgão, mesmo em um ano de desafios, se referindo a 2020. “Em ano de pandemia, em outubro do ano passado, a Defensoria Pública registrou um pico de atendimentos, prioritariamente virtual, de 13 mil mensais. Aumento exponencial, comparado com o ano de 2019, com crescimento de 68% da demanda, mesmo com o serviço chegando a apenas um terço da população goiana”, ressaltou.

Também compuseram a mesa da cerimônia, além do presidente Lissauer Vieira, o governador Ronaldo Caiado; a primeira-dama Gracinha Caiado; o vice-governador Lincoln Tejota; o prefeito de Goiânia, Rogério Cruz; o procurador-geral de Justiça, Aylton Vechi; o presidente do Tribunal de Contas do Estado, Edson Ferrari; o presidente do Tribunal de Contas dos Municípios, Joaquim de Castro; o secretário-geral da Ordem dos Advogados (OAB-GO), Jacó Coelho e o deputado estadual Virmondes Cruvinel.

CURRÍCULO
Defensor-geral do Estado de Goiás no biênio 2019/2020, Domilson Rabelo da Silva Júnior será reconduzido ao cargo. Bacharel em Direito pela Universidade Federal de Goiás, especialista em Direito Constitucional pela UFG e em Direito Civil e Processual Civil pela Universidade Cândido Mendes, é defensor público do Estado de Goiás desde 2015, titular da 4ª Defensoria Pública Especializada Processual Cível da Capital. Integrou a atuação gestão da Defensoria Pública do Estado de Goiás como primeiro subdefensor público-geral de fevereiro a novembro de 2018. Ocupou a Diretoria de Assuntos Jurídicos da DPE-GO de julho de 2017 a fevereiro de 2018. Atuou como gerente Especial da Defensoria Cível da DPE-GO de julho de 2015 a agosto de 2016 e foi superintendente das Defensorias Especializadas da DPE-GO de agosto de 2016 a julho de 2017. É ex-procurador do Município de Aparecida de Goiânia, ex-gestor jurídico do Estado e ex-assessor jurídico do Tribunal de Justiça.

Faça parte da Lista de transmissão no

Whatsapp

Receba atualizações exclusivas e tenha participação ATIVA nas discussões e pesquisas.

Faça parte da Lista de transmissão no

Whatsapp

Receba atualizações exclusivas e tenha participação ATIVA nas discussões e pesquisas.

redes sociais

siga e participe do nosso trabalho

Apoie a nossas causas, curtindo, comentando e compartilhando nossos conteúdos.

1 of 93