Para o presidente do Legislativo goiano, a medida vai proporcionar maior competitividade no mercado, além de atrair novos investidores

Em resposta à solicitação do presidente da Assembleia Legislativa (Alego), deputado Lissauer Vieira (PSB), o governador Ronaldo Caiado (DEM), encaminhará ao Poder Legislativo o projeto de lei relacionado ao Código Tributário Estadual e que equipara o valor do arroz e feijão aos demais produtos da cesta básica. A matéria visa reduzir a alíquota do ICMS sobre os grãos de 17% para 12%.

Para o chefe do Parlamento goiano, a medida vai proporcionar maior competitividade no mercado, além de atrair novos investidores. “Sem dúvidas é uma matéria positiva e que vai dar maior competividade ao nosso Estado, atraindo, também, os empresários que queiram investir em Goiás”, afirmou o presidente Lissauer.

O parlamentar agradeceu ainda o governador Ronaldo Caiado e a secretária de Economia pela viabilização da iniciativa que, segundo ele, vai contribuir para a qualidade de vida da população. “Agradeço o governador Ronaldo Caiado e a secretária de Economia, Cristiane Schmidt, por trazer essa condição de melhorar a vida do cidadão goiano, diminuindo a nossa carga tributária e beneficiando todos os goianos”, disse o presidente da Alego.

Segurança do Trabalho da Saneago

O envio do projeto à Assembleia Legislativa foi anunciado pelo governador Ronaldo Caiado durante a solenidade de entrega de 22 viaturas ao Programa de Segurança do Trabalho da Saneago, realizada na última sexta-feira (1º), em Goiânia. O evento contou com a presença do presidente da Alego, Lissauer Vieira e de diversas autoridades políticas do Estado.

Os veículos entregues à companhia de abastecimento de água serão utilizados pelos profissionais que irão atuar na realização de inspeções, orientação, treinamentos e acompanhamento de obras e manutenções para prevenir acidentes de trabalho nas unidades da Saneago.

Faça parte da Lista de transmissão no

Whatsapp

Receba atualizações exclusivas e tenha participação ATIVA nas discussões e pesquisas.

Faça parte da Lista de transmissão no

Whatsapp

Receba atualizações exclusivas e tenha participação ATIVA nas discussões e pesquisas.

redes sociais

siga e participe do nosso trabalho

Apoie a nossas causas, curtindo, comentando e compartilhando nossos conteúdos.

1 of 93