Ao lado do presidente Jair Bolsonaro e do governador Ronaldo Caiado, o chefe do Legislativo goiano prestigiou a abertura do Hospital de Campanha no município. Unidade é destinada, exclusivamente, para o tratamento da Covid-19

Representando o Poder Legislativo e comprometido com as ações de combate ao novo coronavírus (Covid-19) no estado, o presidente da Assembleia Legislativa de Goiás (Alego), Lissauer Vieira (PSB) participou na manhã desta sexta-feira, 05, ao lado do presidente Jair Bolsonaro, do governador Ronaldo Caiado, do secretário estadual de Saúde, Ismael Alexandrino e do prefeito do município, Hildo do Candango, da inauguração do primeiro hospital de campanha construído pelo governo federal, em Águas Lindas de Goiás. A unidade, que tem capacidade para 200 leitos, sendo 10 UTI, foi viabilizada através de acordo de cooperação entre a União e o governo estadual e será destinada, exclusivamente, para o atendimento de pacientes do Distrito Federal e Entorno.

Ressaltando a importância da estrutura para o tratamento das pessoas diagnosticadas com a doença, o chefe do Poder Legislativo salientou que a entrega do HCamp no município foi possível graças a união e o diálogo estabelecido entre os governos federal e estadual. Segundo ele, uma “força-tarefa” necessária e altamente positiva para o enfrentamento da Covid-19 em Goiás. “Através do entendimento e da sensibilidade do governador Ronaldo Caiado e do presidente Jair Bolsonaro, Águas Lindas ganha hoje este importante hospital voltado, exclusivamente, para o tratamento dos pacientes com coronavírus. Sem dúvidas, uma força-tarefa firmada entre os dois governos com um único objetivo de salvar vidas”, disse Lissauer Vieira.

Por sua vez, o governador Ronaldo Caiado agradeceu ao presidente Jair Bolsonaro pela entrega do HCamp, relembrando que a implantação de várias unidades de saúde, como a de Águas Lindas, só foi possível com a destinação de recursos federais. “Vossa Excelência já investiu aqui, em todo Estado, em vários hospitais. Investiu na Policlínica de Posse mais de R$ 10 milhões; no Hospital de Campanha de Enfrentamento do Coronavírus, mais de R$ 6 milhões; e aqui [no Entorno] na estrutura de campanha de Luziânia, que abrimos há 15 dias, já com 10 leitos de UTI instalados”, frisou.

Em seguida, em seu discurso, o presidente Jair Bolsonaro disse torcer para que poucas pessoas precisem de atendimento no HCamp de Águas Lindas e para que a curva de casos da doença no Brasil seja achatada o mais breve possível. “Do fundo do coração, torço para que pouca gente venha para cá, que é sinal de que não precisa de atendimento. A gente espera que essa questão do vírus, se Deus quiser, se atenue rapidamente, de modo que o comércio volte a funcionar e o efeito colateral do combate à pandemia não seja mais danoso do que o próprio vírus em si”, pontuou.

HCamp de Águas Lindas

Com uma área de 5 mil metros quadrados, o Hospital de Campanha (HCamp) de Águas Lindas de Goiás iniciará o atendimento nos próximos dias, logo após a limpeza e desinfecção da unidade. Para oferecer assistência aos pacientes, a equipe conta com 263 colaboradores diretos, sendo 45 médicos, 85 enfermeiros e técnicos em enfermagem, 23 fisioterapeutas, além de farmacêuticos, psicólogos, nutricionistas e outros profissionais. Ao todo, a estrutura tem 200 leitos disponíveis. Inicialmente estão abertos 10 leitos de UTI, mas todos os 200 leitos têm pontos e capacidade para migração em leitos de UTI.

Além dos 10 ventiladores pulmonares já disponibilizados ao HCamp pela Secretaria de Estado da Saúde de Goiás (SES-GO), outros 9 chegaram ao local ainda nesta sexta-feira para a estruturação de mais leitos de UTI. A expectativa é de que a unidade proporcione aos pacientes, caso todos os 200 leitos sejam ocupados, cerca de mil refeições por dia. O consumo de equipamentos de proteção individual (EPI), como touca, avental, luva, pró-pé e máscara, pode ultrapassar 1,2 mil unidades diariamente.

Prestigiaram a solenidade de inauguração do HCamp de Águas Lindas, os deputados federais Zacharias Calil, Flávia Morais e Vitor Hugo (líder do governo na Câmara dos Deputados); o deputado estadual Dr. Antonio; secretário de Indústria, Comércio e Serviços, Wilder Morais; e os senadores Luiz Carlos do Carmo e Roberto Rocha (MA). Pela Sic, ainda participou o subsecretário da pasta, Adonídio Neto Vieira Júnior.

Também estiveram presentes os ministros Eduardo Pazuello (interino da Saúde), Braga Netto (Casa Civil), Marcos Pontes (Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações); o secretário-executivo do Ministério da Infraestrutura, Marcelo Sampaio; o diretor-presidente da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), Antônio Barro Torres; os prefeitos Professor Claudiênio (Padre Bernardo), Pábio Mossoró (Valparaíso), Fábio Correa (Cidade Ocidental), Sônia Chaves (Novo Gama), Alair Ribeiro (Cocalzinho), Alysson Lima (Alexânia) e José Diniz (Abadiânia).

Faça parte da Lista de transmissão no

Whatsapp

Receba atualizações exclusivas e tenha participação ATIVA nas discussões e pesquisas.

Faça parte da Lista de transmissão no

Whatsapp

Receba atualizações exclusivas e tenha participação ATIVA nas discussões e pesquisas.

redes sociais

siga e participe do nosso trabalho

Apoie a nossas causas, curtindo, comentando e compartilhando nossos conteúdos.

1 of 93